Brasão Prefeitura Municipal de Venâncio Aires

Notícias

31.07.2020 - 07h52
Comitê de Gerenciamento das ações de controle da Covid-19 avalia os Planos de Contingência das escolas do município
Por Camila Sehn
Fonte: Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação

Após as escolas, municipais, estaduais e privadas, elaborarem o Plano de Contingência para prevenção, monitoramento e controle do Coronavírus, bem como articular junto ao Centro de Operações de Emergência (COE) Municipal as medidas de controle e segurança no ambiente escolar, o Comitê de Gerenciamento das ações de controle da Covid-19, está realizando a análise dos protocolos enviados. Os documentos contam com as informações e capacitação para a comunidade escolar sobre os cuidados a serem adotados por conta da disseminação do vírus.

Em cada Plano enviado era necessária a descrição de um panorama geral da escola, e medidas preventivas, que constam na Portaria (01/2020) divulgado no Diário Oficial no mês de junho. Neste mesmo nos Planos precisam estar elencadas medidas obrigatórias como por exemplo, a distância entre estudantes com máscara no mínimo de 1,5 m, e dois metros em lugares nos quais são feitas refeições. Ainda, tiveram que apresentar medidas para grupos de risco; para identificação de casos suspeitos; medidas quando da identificação de casos suspeitos e confirmados; medidas para promover, orientar e fiscalizar o uso de equipamentos de proteção individual – EPIs; medidas de higienização e sanitização de ambientes; entre outras ações. Além disso, a comunidade escolar deve ser informada sobre as medidas estabelecidas, assim como, os cuidados necessários a serem adotados em casa e no caminho entre o domicílio e o educandário, de forma a priorizar os canais virtuais.

Ao todo, mais de 75 documentos foram enviados ao Comitê que repassou para os fiscais analisarem.

Após a conferência total de todos os Planos de Contingência, elaborados pelos Centros de Operações de Emergência em Saúde para a Educação (COE-E) das escolas, o Comitê dá o parecer favorável ou não. Em caso de desacordo, os documentos serão novamente encaminhados para as escolas correspondentes para as adequações. Em caso de aprovação, o documento volta ao educandário para organização das ações, que colocará em prática quando houver o retorno das aulas. Ainda não há definição de retorno das atividades nos educandários.

COE-E

Ainda, no início deste mês, o prefeito Giovane Wickert, nomeou os membros dos COE-E das 34 escolas da rede municipal de ensino. A formação deste grupo foi exigida pela Portaria Conjunta das Secretarias Estaduais de Saúde e de Educação. Este grupo, particularmente, foi o responsável por criar o Plano de Contingência com os protocolos, que servirá para a prevenção e combate a Covid-19 dentro de cada instituição escolar.  

Todas estas ações e tratativas foram estipuladas em portaria pelo Estado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Botão FECHAR - Clique para Fechar ou Tecle ESC