A saúde sempre é prioridade para a comunidade, assim como para uma Administração ..."/> A saúde sempre é prioridade para a comunidade, assim como para uma Administração ..."/>
Brasão Prefeitura Municipal de Venâncio Aires

Notícias

12.05.2020 - 16h05
Saúde de Venâncio é reforçada com serviços, melhorias nas estruturas e servidores
Por Vanessa Behling
Fonte: Assessoria de Imprensa
Foto: Leandro Osório/AI PMVA

A saúde sempre é prioridade para a comunidade, assim como para uma Administração Municipal. E não tem sido diferente na Capital do Chimarrão, onde nos últimos anos diversos investimentos e conquistas na área têm melhorado a vida da comunidade.

Melhorias, ampliações e conclusão de postos da cidade e interior, capacitação dos profissionais, oferta de mais serviços, além do suporte ao Hospital São Sebastião Mártir e Unidade de Pronto Socorro; foram algumas das ações de fortalecimento da saúde executadas pelo Executivo.

Postos de Saúde

Para estender atendimento médico a toda comunidade, a atual Administração Municipal concluiu e colocou em funcionamento mais dois postos de saúde nos dois primeiros anos da Gestão. Ambos puderam ser concluídos a partir de sobras orçamentárias da Câmara de Vereadores. Com a inauguração do Posto de Vila Arlindo, os oito distritos do Município passaram a contar com unidades de saúde. No Bairro Coronel Brito, a Estratégia de Saúde da Família (ESF) funcionava junto ao Posto do CAIC e ganhou dependências novas e espaços para encontros e trabalhos das agentes de saúde.

Nesta semana, o Executivo abriu o processo licitatório para ampliação e reforma do posto de Vila Palanque. A partir da obra, orçada em R$ 502 mil, o local vai dobrar de tamanho. A empresa vencedora do processo será conhecida dia 3 de junho.

Nas últimas semanas, a Administração vem promovendo melhorias nos postos. As mais recentes ocorreram na UBS Gressler, ESF Santa Tecla e ESF Tabalar, que receberam nova pintura, assim como serviços pontuais. Já a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Gressler também passou por reformas. No local, foram feitas adequações na sala de vacinas e feita a pintura na parte interna, além de outras melhorias.

Para os próximos dias estão programadas reformas nos postos de saúde de Vila Deodoro, Vila Mariante e na UBS do bairro Cruzeiro, o antigo Posto de Atendimento à Mulher (PAM).

Os postos também ganharam reforço no que se refere às equipes de higienização. Como houve um processo de contratação terceirizada para serviços gerais na Secretaria de Educação, os profissionais que trabalhavam nas escolas foram remanejados para as unidades de saúde.

No total, há dez unidades de saúde em funcionamento, oito horas por dia, no interior da Capital Nacional do Chimarrão. Na cidade são mais seis ESFs, 4 UBS, três Caps (II, Ia, Ad) e CADI. Todas as unidades contam com um profissional de Enfermagem, investimento de cerca de R$ 1 milhão por ano, feito pelo Executivo.

No fim do ano passado o Executivo mais uma vez inovou no acesso da comunidade aos serviços de saúde. No Posto de Saúde do Bairro Gressler foi implantado atendimento noturno em duas noites da semana. Na segundas e terças-feiras, das 17h às 21h, os moradores têm à disposição médico clínico geral, enfermeiro, técnico de Enfermagem e servidores administrativos. Equipe que realiza coletas pré-câncer, aplica vacinas, troca curativos e dá orientações. Além disso, desde o início deste mês, as noites de segundas-feiras também contam com consultas odontológicas.

Fim das Filas

Outra inovação da Administração Municipal foi a organização do fluxo nos agendamentos e exames de imagem e laboratoriais, assim como os encaminhamentos médicos para especialidades. Desde 2017 os usuários não precisam mais disputar uma autorização nas unidades de saúde, o que sempre gerou um incômodo desnecessário, não só para os usuários, que ficavam por horas em filas expostos ao frio ou ao calor, para tentar conseguir um atendimento; mas para a dinâmica de atendimento da unidade de saúde.

Depois do agendamento, a Secretaria de Saúde avisa via SMS sobre o dia e o horário da consulta, de forma simples e com muito mais qualidade de vida. A iniciativa foi reconhecida com o 16º Prêmio Gestor Público em 2017 e em 2018 recebeu menção honrosa na 17ª edição do evento considerado o ‘Oscar da Gestão Pública do Rio Grande do Sul’.

CAPS i

Buscado junto ao Governo Federal, o Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Caps i) entrou em funcionamento em 2018. Antes disso, os pacientes precisavam se deslocar até Rio Pardo para os atendimentos, em razão da referência. Agora o Município tem autonomia para execução de serviços. O Caps i é voltado a crianças e adolescentes que sofrem com transtornos mentais e outros casos, como tentativas de suicídio, a automutilação e a depressão. A partir do atendimento local, o número de pacientes contemplados mensalmente pulou de 50 para 120. O serviço hoje ofertado em Venâncio é referência para Mato Leitão, Passo do Sobrado e Vale Verde.

Rede para autistas

Desde outubro do ano passado, a Secretaria Municipal de Saúde implementou uma rede especializada na área da fonoaudiologia para autistas. Com o objetivo de garantir maior desenvolvimento do indivíduo e melhorar os sintomas comportamentais e de linguagem, o projeto promove atendimento de fonoaudióloga duas vezes por semana a 15 crianças, sendo 14 integrantes da Associação Pró-autismo de Venâncio Aires.

Na estrutura do Cadi

Com uma estrutura física defasada e alvo de frequentes atos de vandalismo, o Centro de Atenção às Doenças Infecto-contagiosas (Cadi), que desenvolvia suas atividades em um prédio cedido pelo Hospital São Sebastião Mártir (HSSM), passou a funcionar, desde janeiro de 2019, no prédio da antiga Farmácia Municipal, em espaço reformado pela Secretaria de Saúde, anexo ao Centro Materno Infantil. Atualmente, além do Cadi, no novo espaço estão a Vigilância Epidemiológica e equipe base de atendimento domiciliar.

Novas ambulâncias

Desde 2017 o Município adquiriu cinco novas ambulâncias. Três foram para a Secretaria de Saúde, o que permitiu que veículos mais antigos fossem substituídos por outros com toda a estrutura necessária para os transportes de pacientes. Outras duas foram destinadas para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que repassou uma das suas ao Corpo de Bombeiros.

Botão FECHAR - Clique para Fechar ou Tecle ESC